Os senadores do DEM se reúnem no gabinete do líder José Agripino Maia (RN) para tentar definir uma posição consensual da bancada em relação às denúncias de envolvimento o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), em um esquema de corrupção. O objetivo dos senadores é tirar uma posição para apresentar na reunião que a Comissão Executiva Nacional do DEM marcou para as 17h, em Brasília.

Nessa reunião, a comissão deverá tomar uma decisão sobre o futuro do governador no partido.

Arruda, único governador eleito pelo DEM em 2006, foi alvo da Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal na última sexta-feira. Imagens em poder da PF mostram indícios de um esquema de pagamento a políticos, empresários e aliados do governador, proveniente de propina vinda de empreiteiras e prestadoras de serviço.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.