DEM também já escolheu nomes para CPI, diz Agripino

O líder do DEM no Senado, José Agripino (RN), informou hoje que o partido já selecionou três nomes para participar da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a Petrobras. De acordo com ele, o DEM escolheu os senadores Demóstenes Torres (GO), Heráclito Fortes (PI) e Antonio Carlos Magalhães Júnior (BA).

Agência Estado |

Logo após sair da reunião do partido, Agripino disse que ainda hoje o DEM e o PSDB vão definir como ficará a composição da oposição na CPI.

Isso porque os dois partidos apresentaram, por enquanto, três nomes cada um. Mas só há cinco cadeiras disponíveis para a oposição, sendo três vagas de titular e duas de suplente. Segundo Agripino, a ideia é que um partido tenha dois titulares e outro apenas um. No caso dos suplentes, cada legenda teria um senador. O líder do DEM explicou que o partido que tiver dois titulares apoiará o nome do titular do outro para presidência ou relatoria.

Pouco antes, o líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM), anunciou que sua legenda selecionou os senadores Álvaro dias (PR), autor do requerimento que pediu a instalação da CPI; Tasso Jereissati (CE) e o presidente do PSDB, Sérgio Guerra (PE), para integrarem a CPI.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG