DEM quer que TCU também investigue Lula

O DEM informou que vai protocolar até o fim da tarde de hoje no Tribunal de Contas da União (TCU) um pedido de auditoria nos gastos do governo federal com o encontro de prefeitos que aconteceu nos últimos dois dias em Brasília. O partido acusa o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de usar recursos públicos em campanha eleitoral antecipada, com o objetivo de dar visibilidade à ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, possível candidata do PT nas eleições presidenciais de 2010.

Agência Estado |

O DEM quer saber quanto foi gasto no encontro e se os recursos foram usados indevidamente.

Na segunda-feira, o partido planeja ingressar com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em que pedirá à Justiça que analise se o presidente e a ministra estão em campanha eleitoral fora do período permitido pela lei. "O abuso desta semana ultrapassou todos os limites", afirmou o presidente do DEM, Rodrigo Maia (RJ), ao justificar a decisão do partido de formalizar ação no TSE.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG