Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

DEM obstrui votação de MP do funcionalismo na Câmara

O DEM mantém a estratégia de obstruir as votações de hoje na Câmara dos Deputados, que tenta votar hoje a medida provisória (MP) 431, que altera o plano de cargos e salários de 800 mil servidores civis e 611 mil militares, incluindo aposentados e pensionistas. O líder do partido, Antonio Carlos Magalhães Neto (BA), condiciona o fim da obstrução a um acordo em torno da MP 432, que trata da renegociação das dívidas do setor agropecuário.

Agência Estado |

"Está distante a possibilidade de entendimento", afirmou ACM Neto.

O líder do PT, Maurício Rands (PE), espera votar hoje também a MP 433, que prevê isenção de tributos na importação e comercialização de trigo e do pão comum, além da MP 431. O impacto dos aumentos previstos na MP 431 será de R$ 7,7 bilhões este ano, atingindo R$ 32 bilhões até 2012, quando estarão em vigor todas as parcelas dos reajustes concedidos pela medida provisória. O impacto maior nas contas públicas será no governo do presidente que assumir em 2011.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG