DEM indicará Goellner e Kátia Abreu à CPMI do MST

O líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN), disse hoje que indicará os senadores Gilberto Goellner (MT) e Kátia Abreu (TO) para compor a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do MST como membros titulares. Agripino também deseja indicar o senador Efraim Moraes (PB) para compor a comissão como suplente, mas ainda não consultou o correligionário sobre o assunto.

Agência Estado |

Kátia Abreu é presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). Goellner, segundo o líder do DEM, é produtor de soja e algodão. "Escolhi senadores entendidos do assunto. Saberão discutir a questão com argumentos e informações fortes", explicou. "Esta é uma CPI pela qual eu não preciso me preocupar. Os representantes do partido sabem com o que estão lidando e levarão informações consistentes para a comissão", disse.

Na Câmara, farão parte da CPMI do MST pelo DEM os deputados Abelardo Lupion (PR) e Onyx Lorenzoni (RS) como titulares. Jorginho Maluly (SP) e Vic Pires (PA) serão os suplentes.

O PSDB ainda discute as indicações do partido. No Senado, segundo o líder tucano Arthur Virgílio (AM) adiantou à Agência Estado , farão parte da CPMI os senadores Marisa Serrano (MT) e João Tenório (AL), além de um terceiro senador, ainda não escolhido, que será suplente.

DEM e PSDB farão as indicações em um único documento, que ainda precisa ser registrado na Mesa Diretora do Senado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG