expulsão e diz que desligou Edmar Moreira da sigla - Brasil - iG" /

DEM evita expulsão e diz que desligou Edmar Moreira da sigla

BRASÍLIA - A Executiva do DEM decidiu, nesta quinta-feira, desligar o deputado Edmar Moreira (sem partido-MG) de seus quadros. De acordo com o presidente da agremiação, deputado Rodrigo Maia (RJ), não existiu a expulsão do parlamentar mineiro da sigla, mas sim a formalização do desligamento que já foi pedido por Edmar junto à Justiça Eleitoral no início da semana.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

A estratégia do DEM visa a obtenção da cadeira de Edmar no parlamento. Isso porque o deputado mineiro ingressou na Justiça com um pedido de "desfiliação por justa causa". Ele alegou perseguição dentro do DEM. Caso consiga convencer a Justiça que foi perseguido, Edmar fica com sua vaga na Câmara.

Para não engrossar o rol de argumentos de Edmar, o DEM optou por não expulsar o parlamentar da sigla e fez o seguinte entendimento: com o pedido de justa causa, ele automaticamente estaria se desfiliando.

"Com o pedido e os argumentos de perseguição nós entendemos que é um desligamento. Nós só fizemos o ato formal de desligamento pelo partido hoje", explicou Maia.

O presidente do DEM ainda comentou que vai aguardar a decisão da Justiça Eleitoral sobre a justa causa da desfiliação de Edmar. Se o parecer for contrário ao pleito do mineiro, o DEM vai pedir a vaga na Câmara.

Castelo

O calvário de Edmar Moreira teve inicio logo após a eleição para a Mesa Diretora da Câmara. Contrariando seu partido, ele se lançou como candidato avulso à 2ª Vice-Presidência da Câmara ¿ cargo que acumula a corregedoria - e venceu.

AE
Castelo em Minas Gerais avaliado em R$ 25 milhões

Em uma de suas primeiras entrevistas, ele declarou que o "vício da amizade" prejudicava o julgamento de parlamentares no Conselho de Ética da Câmara. Após isso ele foi acusado de não ter declarado à Justiça Eleitoral um castelo na Zona da Mata Mineira, avaliado em R$ 25 milhões.

Descobriu-se ainda que ele supostamente havia se apropriado de recursos de seus funcionários numa empresa de segurança que deveriam ser pagos ao INSS. Esses fatos, somados à vontade do DEM de recuperar a 2ª Vice-Presidência, foram os ingredientes do caldo que levaram à renúncia de Edmar da Mesa Diretora e desligamento do partido.

Assista ao vídeo:

Leia mais sobre: Edmar Moreira

    Leia tudo sobre: edmar moreira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG