DEM discute futuro do presidente licenciado da AL do DF

O presidente do DEM, Rodrigo Maia, e os líderes do partido na Câmara, Ronaldo Caiado (GO) e no Senado, José Agripino (RN), se reuniram hoje com o presidente regional do DEM do Distrito Federal, Paulo Octávio, para discutir o futuro político do filiado e presidente licenciado da Assembleia Legislativa do DF, Leonardo Prudente. Agripino disse que foi pedido ao presidente regional do partido que sejam tomadas providências urgentes contra Prudente, que aparece em imagens do escândalo da propina, disseminado no governo de José Roberto Arruda, escondendo dinheiro no bolso e nas meias.

Agência Estado |

"Ou ele será expulso, ou se desfiliará. Fizemos um comunicado ao presidente do diretório regional para que tome providências ainda este ano. Se ele não acatar, a Executiva terá que agir", afirmou Agripino.

Agripino lembrou que o prazo de defesa dado a Prudente termina na quarta-feira. "Foi dito a ele (Paulo Octávio) que se não tomar nenhuma providência a nacional (Executiva) tomará. Queremos resolver o problema da fita (na qual Prudente aparece guardando o dinheiro). É uma evidencia muito clara, é um acinte", disse o senador. Ele lembrou que o governador José Roberto Arruda só não foi expulso do DEM, porque se desfiliou antes.

Rodrigo Maia e Paulo Octávio saíram do encontro, no gabinete de Agripino, sem dar declaração. Paulo Octávio também é apontado como suposto integrante do esquema. Mas até agora nenhuma imagem o compromete diante do partido.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG