Os delegados do 9º Distrito Policial Calixto Calil Filho e Renata Helena Pontes estão revisando o inquérito policial e o relatório final do caso da morte da menina Isabella Nardoni. Os documentos, que têm mais de 1.

100 páginas em seis volumes, serão entregues amanhã ao Ministério Público Estadual (MPE). Segundo a assessoria da Secretaria da Segurança Pública, os delegados não devem ir pessoalmente ao Fórum de Santana, mas mandarão um policial civil até lá.

Segundo a assessoria, Calixto e Helena não comentaram sobre o possível pedido de prisão preventiva do casal Alexandre Nardoni e Ana Carolina Jatobá, pai e madrasta de Isabella, já indiciados pela morte da menina. Os delegados alegaram que o inquérito está sob sigilo de Justiça. Amanhã termina o prazo de 30 dias para a entrega do inquérito policial e o documento pode ser protocolado no Fórum de Santana até 19h. O promotor que acompanha o caso, Francisco Cembranelli, terá 15 dias para decidir se apresenta denúncia contra o casal ou se arquiva o inquérito, mas adiantou que pretende dar seu parecer já na próxima segunda-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.