Delegados da PF apóiam greve de policiais civis de SP

Em uma carta enviada hoje ao governador de São Paulo, José Serra (PSDB), a Associação Nacional de Delegados de Polícia Federal (ADPF) manifesta apoio à greve dos policiais civis do Estado. Na nota, a ADPF destaca a defasagem salarial dos policiais paulistas e pede que seja encontrada uma solução para essa corporação, que apesar de trabalhar no Estado mais rico do País, recebe salário muito abaixo dos demais.

Agência Estado |

A carta é assinada pelo presidente da ADPF, Sandro Torres Avelar.

"Com muita tristeza acompanhamos o episódio do conflito entre os colegas das polícias Civil e Militar paulistas, e ouvimos as declarações de Vossa Excelência afirmando ser um movimento de poucos e com finalidade político-partidária, visando influenciar o segundo turno das eleições. Então, ultrapassado o período eleitoral, sentimo-nos mais à vontade para, respeitosamente, ponderar que a imensa defasagem salarial dos policiais paulistas não é retórica, mas real, consubstanciada em números alarmantes", diz a nota.

O texto ainda diz ser injusto o salário se comparado ao equivalente da categoria em outros Estados e também aos vencimentos de membros do Ministério Público, "com idêntica formação jurídica e componente do mesmo sistema persecutório criminal".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG