Delegados se desentenderam quando investigavam o assassinato do empresário e ex-deputado estadual Maurício Cotrim Guimarães

selo

O delegado José Nélis Araújo Júnior, da 2ª Delegacia de Feira de Santana, na Bahia, foi preso nesta quinta-feira, acusado de ser o mandante do assassinato do delegado de Ipiaú, André Luiz Serra de Souza, morto em outubro do ano passado.

Segundo investigações conduzidas pela Secretaria de Segurança Pública, Souza e Araújo começaram a ter divergências quando trabalhavam em Teixeira de Freitas, no sul do Estado, e investigavam o assassinato do empresário e ex-deputado estadual Maurício Cotrim Guimarães, ocorrido em setembro de 2007. 

"Eles começaram a nutrir uma inimizade, por isso decidimos transferir os dois para outras cidades", conta o secretário de Segurança Pública, César Nunes. De acordo com ele, apesar das transferências, Souza passou a investigar possíveis crimes atribuídos a Araújo - que já havia sido delegado em Ipiaú.

As investigações conduzidas por Souza teriam motivado o assassinato. Apontado como o autor do assassinato do delegado, Magno Nogueira morreu em confronto com policiais em novembro do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.