Delegada baiana é presa por suspeita de tráfico de droga

A delegada titular de América Dourada (BA), 430 quilômetros a oeste de Salvador, Cristina Morgana Feu Soares, de 39 anos, foi presa ontem no Rio, acusada de envolvimento com o tráfico de drogas. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, ela estava foragida havia um mês, quando teve sua prisão preventiva decretada, acusada de receber dinheiro do suposto líder do tráfico no sul baiano, Ednaldo Borges dos Santos, que tinha como base a cidade de Valença.

Agência Estado |

Uma policial, identificada como Vilma Nascimento Freitas, que também teve a prisão decretada durante as investigações, continua foragida.

O recebimento do dinheiro teria ocorrido por um período de dois anos, encerrado em fevereiro, no qual Cristina comandou a Delegacia de Cairu, cuja área de cobertura abrange distritos de atuação do traficante, entre eles Boipeba e Morro de São Paulo, praias conhecidas do litoral sul da Bahia. Um comprovante de depósito bancário, de janeiro, em nome da delegada, foi encontrado por policiais na casa de uma traficante do grupo de Santos. Ele acabou preso em fevereiro.

Cristina foi transferida na noite de ontem para Salvador, onde chegou na madrugada de hoje. Seu advogado, Rogério Andrade, afirma que a cliente é inocente. "Ela está sendo perseguida pela coordenadora da polícia de Valença", alega, referindo-se a Argimaria Souza Soares, responsável pelas investigações. "Foi ela quem pediu a transferência de Cristina para América Dourada, por exemplo." Andrade também nega que sua cliente estivesse foragida: ela estaria em tratamento médico no Rio.

De acordo com o delegado-chefe da Polícia Civil, Joselito Bispo, o episódio mostra força da corporação. "A polícia não pode deixar de cumprir a missão de apurar atos criminosos, praticados por qualquer cidadão, seja policial ou não", avalia. De acordo com ele, Cristina está detida na carceragem da Polinter, em Salvador, e responderá a inquérito administrativo instaurado na Corregedoria da Polícia Civil.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG