Delegada admite transferir madrasta para cela coletiva

A delegada titular do 89º Distrito Policial, Silvana Françolin, admitiu hoje a possibilidade de a madrasta da menina Isabella Nardoni, Anna Carolina Trotta Peixoto Jatobá, ser transferida para uma cela compartilhada com outras presas, caso não seja concedido o pedido de habeas-corpus que deverá ser feito hoje. A menina, de 5 anos, morreu após cair do sexto andar do prédio onde mora o pai, Alexandre Nardoni, na zona norte de São Paulo.

Agência Estado |

"Não vemos no momento nenhum risco imediato para a integridade física dela (Anna Jatobá) se ela for colocada em uma cela com outras presas. Por hoje vamos analisar a possibilidade e amanhã ou depois podemos pensar na transferência", afirmou a delegada.

De acordo com ela, Anna Carolina está bastante abalada e, por conta disso, ainda vai ser analisada a possível realocação. Ela ocupa solitária uma das celas do Distrito, enquanto outras três detentas em prisão temporária estão em outra cela.

    Leia tudo sobre: isabella

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG