Delator diz que governador do DF comprou haras à vista

BRASÍLIA - Nas declarações ao Ministério Público Federal, o ex-secretário de Relações Institucionais, Durval Barbosa, afirma que José Roberto Arruda (DEM), governador do Distrito Federal, comprou recentemente um haras em nome de outra pessoa. O pagamento, disse ele, foi ¿à vista¿. ¿Arruda e sua atual esposa freqüentam o haras e estão fazendo uma reforma em sua sede¿, disse em depoimento ocorrido em setembro.

Fred Raposo, Lucas Ferraz e Rodrigo Haidar |

Nas declarações ao Ministério Público Federal, o ex-secretário de Relações Institucionais, Durval Barbosa, afirma que José Roberto Arruda (DEM), governador do Distrito Federal, comprou recentemente um haras em nome de outra pessoa. O pagamento, disse ele, foi à vista. Arruda e sua atual esposa freqüentam o haras e estão fazendo uma reforma em sua sede, disse em depoimento ocorrido em setembro.

O ex-policial, que não apresenta nenhuma prova, declara ainda que, além do haras, o governador também seria proprietário de uma empresa que não está registrada em seu nome, a Danluz. A empresa foi comprada por Arruda e José Humberto [secretário de governo do DF], quase falida, e hoje se transformou em uma grande prestadora de serviço do governo do DF. De acordo com Durval, que esteve envolvido em casos de corrupção na gestão do ex-governador Joaquim Roriz, a empresa está registrada em nome de uma pessoa que mora em Taguatinga, cidade-satélite de Brasília.

Veja o inquérito completo

Leia também:

Leia mais sobre operação policial

    Leia tudo sobre: distrito federaljosé roberto arruda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG