Che - Brasil - iG" /

Del Toro abandona entrevista sobre Che

WASHINGTON ¿ O ator porto-riquenho Benicio del Toro abandonou uma entrevista ao The Washington Times sobre o filme Che quando o foco das perguntas se concentrou na vida do personagem, informou hoje o jornal.

EFE |

"Isto me preocupa", disse Del Toro quando a conversa passou do filme, uma produção de quase quatro horas e meia, dirigida por Steven Soderbergh e dividida em duas partes, à pessoa do revolucionário argentino Ernesto Guevara.

"Acabou, vou embora. Suponho que escreverão o que quiserem", acusou o ator.

"Em frente a um prato de guacamole em um restaurante mexicano do Distrito de Columbia, Del Toro pareceu muito entusiasmado na conversa sobre o filme que ele produziu junto com Soderbergh e Laura Bickford", afirma o jornal.

Quando a conversa com o jornalista dirigiu-se a alguns aspectos da vida de Guevara, segundo o "Times", o ator se irritou e foi embora.

O filme recebeu honras em Cannes, foi aplaudido em Cuba e teve uma crítica menos favorável nos Estados Unidos.

Del Toro, que nasceu em 1967, mesmo ano em que Ernesto Che Guevara foi morto por soldados bolivianos após uma fracassada guerrilha no país andino, disse ter se motivado a participar deste filme porque "não sabia muito da história de Cuba, da história do Che".

"A imagem que tenho, ou o que me tinham contado deste indivíduo é de que era uma espécie de cowboy, um vaqueiro sedento de sangue", afirmou.

Mas durante a pesquisa para o filme, "Del Toro se atraiu pelos textos de Guevara", acrescentou o "Times".

    Leia tudo sobre: benicio del toro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG