Defesa pedirá transferência de Alexandre Nardoni

Os advogados de defesa de Alexandre Nardoni pedirão à Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (SAP) de São Paulo, ainda esta semana, a transferência do cliente para uma prisão com cela especial, para presos com nível superior. Acusado pelo assassinato de sua filha de 5 anos, Isabella, Alexandre está preso desde a terça-feira no Centro de Detenção Provisória 2 (CDP) em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo.

Agência Estado |

De acordo com o advogado Ricardo Martins, o CDP não tem condições de receber Alexandre, que está detido em uma sala da enfermaria, com apenas um colchonete. "Ele tem direito assegurado pela lei de ficar em uma cela especial, por ter curso superior completo", afirma Martins. "O CDP não tem comodidades condignas com a formação acadêmica de Alexandre", completou o advogado. O réu é bacharel em Direito.

Caso a SAP aceite o pedido da defesa, Alexandre será transferido para a Penitenciária de Tremembé 2 ou de Araraquara, ambas no interior de São Paulo. Essas são as duas penitenciárias do Estado com celas especiais para presos com nível superior. Caso a SAP recuse a transferência, os advogados pretendem recorrer à Justiça para garantir a cela especial.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG