BRASÍLIA - O Ministério da Defesa negou neste sábado, por meio de uma nota a imprensa, a afirmação contida em reportagem da revista Época dessa semana, segundo a qual o Exército teria participado da Operação Satiagraha.

Segundo a nota, os esclarecimentos dados pelo Exército, tanto à revista quanto a outros órgãos de imprensa, que abordaram anteriormente o assunto, mostram que as Forças investigou na verdade uma denúncia contra um suposto militar do Exército, que teria participado da operação. 

Entretanto, de acordo com o ministério, a denúncia feita pelo delegado Protógenes Queiroz, teria se mostrado falsa, pois o investigado não pertencia aos quadros do Exército, e havia desistido da carreira militar após formar-se no Instituto Militar de Engenharia.

Íntegra da nota:

"O Ministério da Defesa, após ouvir o Comando do Exército, esclarece que é falsa a afirmação contida em reportagem da revista Época dessa semana, segundo a qual o Exército teria participado da Operação Satiagraha. Os esclarecimentos dados pelo Exército, tanto à revista quanto a outros órgãos de imprensa, que abordaram anteriormente o assunto, mostram que as Forças investigou na verdade uma denúncia contra um suposto militar do Exército.

A denúncia, que mostrou-se infundada, fora feita pelo delegado Protógenes Queiroz e apontava para supostas atividades externas que estariam sendo exercidas irregularmente por um suposto oficial do Exército.

A apuração mostrou que o investigado não pertencia aos quadros do Exército, pois havia desistido da carreira militar após formar-se no Instituto Militar de Engenharia. Desde então, portanto, aquele ex-aluno não tinha qualquer vínculo com a Força."

Leia mais sobre: Operação Satiagraha

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.