Defesa de Kassab deve recorrer hoje contra cassação de mandato

SÃO PAULO - Os advogados de defesa do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), devem recorrer hoje contra a decisão da Justiça Eleitoral que determinou a cassação do mandato dele em primeira instância. O recurso tem efeito suspensivo imediato.

Valor Online |

A decisão foi tomada na última quinta-feira pelo juiz Aloisio Silveira, da 1ª Zona Eleitoral de São Paulo, e será publicada amanhã no Diário Oficial. Silveira acolheu denúncia do Ministério Público que acusa Kassab de ter recebido 33% de suas doações de campanha nas eleições de 2008 de fontes ilegais.

A sentença também se estendeu para a vice-prefeita, Alda Marco Antônio (PMDB) e mais nove vereadores e suplentes. O advogado do prefeito, Ricardo Penteado, disse que não vai esperar a publicação da sentença e apresentará um recurso ainda hoje.

Kassab divulgou uma nota ontem para se defender e acrescentou que confia na Justiça. "As contribuições foram feitas seguindo estritamente os mandamentos da lei e já foram analisadas e aprovadas sem ressalvas pela Justiça Eleitoral", assinala.

O presidente nacional do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), procurou isentar Kassab de culpa e manifestou sua confiança no correligionário. "Não tenho dúvida alguma a este respeito. Na prestação de contas de Kassab, as determinações legais foram seguidas integralmente", afirmou.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) têm 19 processos acusatórios em nome do prefeito, sendo dez em segredo de justiça. Entre aqueles informados, são quatro ações populares, três ações civis públicas, uma notificação extrajudicial e um agravo de instrumento.

"Decisão será revertida", diz Kassab

Kassab voltou a demonstrar confiança nesta segunda-feira em relação à cassação de seu mandato. Para o prefeito, a decisão será revertida. "São tão legais as doações que inclusive já aconteceram nas campanhas de presidentes da República, senadores e deputados", disse Kassab a jornalistas nesta manhã ao cumprir agenda na zona leste. "Os meus advogados estão tomando as providências necessárias."

Kassab diz não temer a cassação. Assista à entrevista:

Saiba mais sobre Gilberto Kassab

    Leia tudo sobre: kassab

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG