Defesa de Eliana Tranchesi contesta pena

A defesa da dona da butique de luxo Daslu, Eliana Tranchesi, entrou com embargos de declaração contra a decisão da 2.ª Vara de Justiça Federal de Guarulhos, que condenou a empresária a 94,5 anos de prisão.

Agência Estado |

A defesa pede esclarecimento de pontos da sentença para que possa recorrer ao Tribunal Regional Federal da 3.ª Região contra a condenação.

"A sentença possui várias contradições, omissões e pontos obscuros", diz a advogada Joyce Roysen. Como exemplo, a sentença cita a empresária como "delinquente contumaz", acusação para quem vem praticando delitos ao longo da vida, "o que não é o caso", afirma.

    Leia tudo sobre: daslu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG