Os advogados de Alexandre Nardoni, pai da menina Isabella Nardoni, morta em 29 de março, apresentaram à polícia no início da tarde de hoje uma declaração de colação de grau para comprovar a graduação de Alexandre em Direito, no ano passado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o documento foi encaminhado à Justiça, que verificará se ele é válido como comprovação de nível superior.

Alexandre é mantido em cela isolada no 13º Distrito Policial (DP), da Casa Verde, na zona norte de São Paulo. Em entrevista à Globo News, o delegado plantonista André Figueiredo disse que a declaração prova o término do curso superior e é suficiente para a permanência de Alexandre no DP. "Ele alegou ainda que demora uns cinco, seis meses para confeccionar o diploma. Para nós, aquela certidão é válida", afirmou o delegado ao canal.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.