Defesa Civil subestima número de desaparecidos em SC

O número de pessoas desaparecidas após as enchentes que atingiram o Vale do Rio Itajaí-Açu e do litoral norte catarinense é quase o triplo do levantamento oficial da Defesa Civil de Santa Catarina. Pelo menos 84 pessoas estão desaparecidas apenas em seis municípios atingidos pelas cheias, segundo informações obtidas ontem com prefeituras, comandos do Corpo de Bombeiros e equipes da Defesa Civil Municipal.

Agência Estado |

Nas estatísticas oficiais, o número de desaparecidos subiu ontem de 19 para 31 - com 12 registros de Ilhota.

O Centro de Operações da Defesa Civil de Santa Catarina diz que há dificuldades para centralizar informações e admite que esse número deve aumentar. O número de desaparecidos deve ser ainda maior. Em Ilhota, Luiz Alves, Blumenau e Itajaí, especialmente na zona rural, há diversos pontos inacessíveis para resgate, assume o chefe do Centro de Operações da Defesa Civil do Estado, Edemilson Irineu Corrêa.Pode levar semanas para sabermos exatamente quantos são os desaparecidos - ou para encontrá-los. E ainda não estamos na fase de vasculhar locais soterrados, mas de prestar socorro a vítimas e assistência nos abrigos.

Após questionamento da reportagem sobre os desaparecidos, a Defesa Civil de Santa Catarina enviou solicitação ontem à Delegacia-Geral de Polícia Civil para que o órgão ficasse responsável pelo levantamento do número de desaparecidos na enchente em Santa Catarina. É a maneira mais produtiva, transparente e objetiva de tratar do assunto, diz Corrêa. Dos 116 mortos na tragédia até o momento, só 22 constavam oficialmente ontem como não-identificados - há ainda 78.707 flagelados. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas em Santa Catarina

    Leia tudo sobre: santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG