Cerca de cem residências de São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, foram liberadas para os moradores no fim da tarde de ontem, segundo informações da Defesa Civil estadual. O balanço afirma que 2,4 mil moradores ainda estão desalojados e 50 estão em abrigos da prefeitura.

Hoje, técnicos devem fazer novas vistorias, liberar mais cem casas e verificar quais prédios terão de ser demolidos.

Pelo menos mil casas devem passar por revista da Defesa Civil. A cidade foi parcialmente destruída após as fortes chuvas que alagaram o município e causaram deslizamentos desde quinta-feira, afetando mais de cinco mil moradores e destruindo cerca de 70 casarões históricos erguidos na época do café.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.