Defesa civil confirma 114 mortes em SC

SANTA CATARINA - A Defesa civil de Santa Catarina confirmou, por volta das 20h30 deste domingo, o total de 114 óbitos causados pelas chuvas que atingem o Estado há uma semana. Dezenove pessoas continuam desaparecidas.

Agência Estado |

Mais de 78 mil pessoas continuam desalojadas e desabrigadas, sendo 27.410 desabrigadas e 51.297 desalojadas.

Equipes de resgate da Defesa Civil de Santa Catarina trabalham na região próxima ao município de Luiz Alves, no Vale do Itajaí. No voo de observação realizado pela manhã, eles detectaram áreas de deslizamento iminente de terra na localidade conhecida como Serafim.

De acordo com o tenente Alessandro Faslzck, as áreas com risco de deslizamento estão próximas a um gasoduto e de um alojamento das Centrais Elétricas de Santa Catarina, onde técnicos que realizavam serviços de recuperação de uma linha de transmissão de alta-tensão já foram retirados do local.

Oficial também informou que os trabalhos de resgate de moradores no Vale do Baú, em Ilhota, se resumem agora na tentativa de localizar pessoas que se recusam a deixar suas moradias.

Segundo Faslzck, cerca de 80 % das famílias já foram retiradas da região e o restante foge com a aproximação do helicóptero. O problema é que algumas delas percebem a chegada das aeronaves se escondem ou fogem para as áreas de matas, disse.

O tempo com um pouco de Sol permitiu, hoje, que as aeronaves fizessem vários vôos de observações que, segundo o tenente Alessandro Fasllzck, da Defesa Civil, está sendo fundamental para um mapeamento das áreas de risco e, assim, concentrar as operações de resgate nessas regiões. Ele informou que em função desse mapeamento foram criados mais dois postos de coordenação de atividades de resgate nas proximidades de Serafim e Luiz Alves.

Moradores tentam salvar o que sobrou; assista

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas em Santa Catarina 

    Leia tudo sobre: santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG