A Defesa Civil Municipal de São Paulo decretou estado de aleta em 26 bairros das zonas norte, leste e sul da capital paulista por riscos de deslizamentos. Após o temporal desta madrugada, pelo menos http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2010/01/21/chuva+causa+morte+de+duas+pessoas+em+sao+paulo++9370999.htmloito pessoas morreram soterradas na Grande São Paulo.

De acordo com o Plano Preventivo de Defesa Civil, estão em alerta as regiões de Perus, Pirituba, Freguesia, Casa Verde, Santana, Jaçanã, Butantã, Lapa, Campo Limpo, M´Boi Mirim, Capela do Socorro, Parelheiros, Cidade Ademar, Santo Amaro, Jabaquara, Ipiranga, Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Itaquera, Cidade Tiradentes, São Mateus, Guaianases, Vila Prudente e Aricanduva.

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana informa que equipes da Defesa Civil estão percorrendo as regiões da cidade para avaliar os danos e atender a população no que for necessário.

AE
Deslizamamento de terra atinge casa no Grande ABC

Deslizamamento de terra atinge casa em Ribeirão Pires, no Grande ABC

O risco de deslizamento aumenta com a previsão de mais chuva para a região de São Paulo. Uma frente fria que está sobre o Estado, a exemplo de outros Estados do Sudeste e do Sul do país como o Rio de Janeiro e o Paraná, deve deixar o tempo instável pelo menos até o final da semana. O calor e a umidade continuam favorecendo os temporais. A temperatura deve atingir os 28ºC na capital paulista.

Segundo a metereologista Neide Oliveira, do Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), estão previstas novas pancadas de chuva forte para a cidade de São Paulo entre hoje e sexta-feira. Depois, as precipitações ficarão mais fracas.

Ela informou que o volume de chuva já superou a média histórica para o mês de janeiro, que é de 258 milímetros. Até quinta-feira, sem incluir ainda o balanço das ocorrências na madrugada desta quinta-feira, o acumulado estava em 265 milímetros. Só no medidor do Mirante de Santana, que mede o volume na zona norte, foram registrados 43 milímetros.

Desde dezembro, já foram confirmadas 55 mortes no Estado de São Paulo provocadas pelas chuvas, cinco delas ocorreram na região metropolitana, durante a madrugada de hoje. Os bombeiros ainda procuram por um casal que estaria sob os escombros de um desabamento no bairro do Grajaú, zona sul da cidade.

* com informações da Agência Brasil

Leia também:

Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.