Decretada internação de jovem que raptou bebê em SP

A Justiça decretou hoje a internação provisória da adolescente de 15 anos que raptou uma recém-nascida da Maternidade Leonor Mendes de Barros, na zona leste de São Paulo. A jovem será levada para uma unidade da Fundação Casa (antiga Febem), onde poderá ficar por até 45 dias.

iG São Paulo |

A Justiça decretou hoje a internação provisória da adolescente de 15 anos que raptou uma recém-nascida da Maternidade Leonor Mendes de Barros, na zona leste de São Paulo. A jovem será levada para uma unidade da Fundação Casa (antiga Febem), onde poderá ficar por até 45 dias. Após esse período, a Justiça terá de definir o caso.

O pedido da internação foi feito pelo Ministério Público Estadual, mas a decisão foi tomada após a adolescente ter sido ouvida hoje pela Promotoria da Infância e da Juventude.

A garota se passou por enfermeira na terça-feira e, após ganhar a confiança da mãe do bebê, colocou a criança em uma bolsa e fugiu. A família da jovem descobriu o crime e devolveu a recém-nascida aos pais. Em depoimento, a adolescente disse não se conformar com a perda de seu bebê em um aborto espontâneo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG