Decisão da Justiça do Rio ainda não chegou ao Exército

O Ministério da Defesa e o Comando do Exército ainda não receberam qualquer comunicado da decisão da 18ª Vara Federal do Rio de Janeiro de determinar a retirada imediata das tropas do Exército no Morro da Providência, na região central da capital fluminense. Os dois órgãos só tomarão providências para cumprir a determinação após receberem notificação da Justiça.

Agência Estado |

Segundo o ministério, a Advocacia Geral da União (AGU) no Rio de Janeiro deve recorrer da decisão. O ministro da Defesa, Nelson Jobim, embarcou hoje para São Paulo, onde participa amanhã da Feira Internacional da Aviação, em São José dos Campos.

No sábado, três jovens da Previdência desapareceram e seus corpos só foram encontrados no dia seguinte, em um lixão em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Os jovens teriam desacatado soldados do Exército no morro que, como punição, os entregaram à uma facção rival do Morro da Mineira, na zona norte da cidade. Os 11 militares suspeitos estão presos no 1º Batalhão de Polícia do Exército, na Tijuca, também na zona norte.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG