não ter pistas - Brasil - iG" /

Decea: falta de material não significa não ter pistas

O comandante do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), brigadeiro Ramon Borges Cardoso, reagiu hoje às críticas de alguns parentes dos passageiros do avião da Air France desaparecido domingo. O fato de não termos coletado material (do Airbus desaparecido) não significa que não tenhamos pistas, afirmou, em entrevista coletiva concedida hoje para avaliar o trabalho de buscas realizado durante a semana.

Agência Estado |

O brigadeiro afirmou que não há limitação de recursos nem prazo para encerrar o trabalho, caso as buscas não evoluam. "Acreditamos que ainda tenhamos um trabalho longo, mas só podemos falar em prazos à medida que o tempo for passando e fizermos uma análise dos resultados", destacou. "Recebemos a orientação de fazer o que tiver que ser feito".

Indagado se a força-tarefa militar brasileira havia recebido alguma avaliação do governo francês sobre a estratégia adotada para as operações de busca, o militar foi enfático: "A responsabilidade pela busca e coleta de materiais é do Brasil. A França tem a competência de realizar as investigações que irão apontar as causas do acidente. Nossas prioridades eram, primeiro: tentar encontrar sobreviventes; segundo, achar corpos para entregar às famílias e, terceiro, resgatar destroços. Tenho certeza de que, se o acidente tivesse acontecido lá, esta também seria a ordem das prioridades deles", concluiu.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG