Débora Falabella promove mostra de arte mineira em SP

Teatro, música popular, erudita, hip hop, rock, ritos, espetáculos de rua e intervenções artísticas. A variedade é o que marca a primeira Mostra Contemporânea de Arte Mineira, que acontece a partir de hoje e vai até o próximo domingo, no Sesc Pompéia, em São Paulo.

Agência Estado |

“São dezoito atrações. É um pedacinho de Minas em São Paulo, e o melhor, uma Minas que nem todos conhecem”, diz a idealizadora Débora Falabella.

Segundo a atriz, a idéia do festival surgiu no final de 2007. "A mostra já existia em Minas. Com eu e as pessoas do Grupo 3 de Teatro, do qual faço parte ao lado de Gabriel Paiva e Yara de Novaes, somos mineiros e resolvemos trazer para cá. É uma forma de espalhar a cultura da nossa terra, que é tão fértil e diversa." Entre as atrações estão artistas consagrados e novos nomes. "É uma forma de dar oportunidade também àqueles que estão surgindo agora. Além disso, muita coisa que surge em Minas acaba ficando apenas lá. O interessante agora é poder disseminar isso."

Aline Calixto, badalada cantora do circuito de samba mineiro, é uma das atrações de amanhã. "Bebo na raiz, mas meu samba é contemporâneo. Vou tocar bastante coisa de minha autoria, mas também alguns sambas de novos nomes e algumas releituras, como Reza Forte, de Rodrigo Maranhão." Além de Aline, cortejos de bonecos de rua, como o Bloconeco e Banda Navegante, e espetáculos de teatro, como Alguns Leões Falam, da Cia Clara, estão na grade de programação. "O impressionante é o frescor das apresentações. Tem bastante coisa inédita", conta Débora. "O objetivo agora é aumentar o festival e poder levar a outros lugares." As informações são do Jornal da Tarde.

Mostra Contemporânea de Arte Mineira . De 18 a 23 de novembro, no Sesc Pompéia. Rua Clélia, 93 , Pompéia. Telefone: (011) 3871-7700. Programação no site www.mostramineira.com.br

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG