Debate sobre CPI atrapalha pauta do Senado

Desde a semana passada, a criação da CPI da Petrobras tem provocado acusações de parte a parte no Senado. De um lado, governistas dizem que uma comissão de inquérito seria prejudicial à imagem da empresa, e que o colegiado seria usado como palco pré-eleitoral pelos oposicionistas. Por seu turno, a oposição diz que as investigações são necessárias diante dos indícios de irregularidades, mas garante que o objetivo da comissão é preservar a petrolífera. O fato é que, desde que a idéia da CPI ganhou força, a pauta de votações foi posta de lado.

Congresso em Foco |

Diante dos debates em torno da CPI, apenas uma proposição foi aprovada desde a semana passada ¿ e isso foi feito em cerca de cinco minutos, em votação simbólica com apenas uma abstenção, a da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (PT-AC): o Projeto de Lei de Conversão (PLV) 07/09, proveniente da Medida Provisória 454/09, que define quais terras serão transferidas para os estados de Roraima e Amapá, criados com a Constituição de 1988 e implantados a partir de 1991.  

Leia a reportagem completa no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: cpi da petrobras

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG