De volta, Dilma acompanha Lula em visita a Roraima

Acompanhado da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, que passou uma semana em férias, e pela primeira vez desde que assumiu o governo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva participa hoje de uma série de eventos em Roraima. Lula assinará os atos para construção do Porto de Caracarai, no Rio Branco, e destinará R$ 300 milhões para reforma da BR-174 que liga o Estado a Manaus.

Agência Estado |

A comitiva presidencial desembarca às 10 horas no Aeroporto Internacional de Boa Vista, onde haverá um ato de inauguração das obras de ampliação do local.

Um dos alvos da visita do presidente é o reconhecimento do trabalho do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), que disputará as próximas eleições no Estado. O senador ganhou o apoio público do presidente depois de ajudar o governo em tarefas difíceis dentro do Congresso, como, por exemplo, na sua atuação como relator da CPI da Petrobras. Alvo da oposição, a CPI tem sido mantida sob controle forte do governo, especialmente porque Jucá é o relator da comissão.

A última vez que Lula visitou Roraima foi em 2002, na campanha que o elegeu presidente da República. O líder nega que ele esteja novamente em campanha eleitoral. "Não é isso, mas, sim, uma ação forte para que o Estado consiga se reestruturar, após ter sido penalizado com a demarcação da reserva Raposa Serra do Sol", alegou.

Segundo o líder do governo no Senado, o presidente voltará ao Estado em dezembro para acertar com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, os termos do acordo que permitirá ao Brasil substituir a Colômbia como exportador de produtos avaliados em US$ 7 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG