guarda o vermelho para sábado - Brasil - iG" /

De blusa azul, Dilma diz que guarda o vermelho para sábado

BRASÍLIA ¿ A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, participou da mesa de abertura do 4º Congresso do PT, nesta quinta-feira em Brasília. Na entrada do Congresso, ao ser questionada por que vestia uma blusa azul em vez de vermelha, símbolo do PT, a ministra contou que está guardando o vermelho para o sábado. Na ocasião, Dilma será aclamada candidata do PT à Presidência da República, em ato político que também terá a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Priscila Borges, iG Brasília |

A ministra foi uma das primeiras a chegar ao congresso que começou com um seminário voltado para convidados estrangeiros que deve se estender durante todo o dia. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, também participa do seminário. Além dos ministros, apenas 150 delegados estrangeiros compareceram ao seminário de abertura, que foi fechado à imprensa.


De azul, Dilma disse que "guarda o vermelho para sábado" / Abr

Segundo o senador Aloizio Mercadante, que assistiu à abertura, Dilma falou sobre os avanços na área de energia, sobre as descobertas recentes da Petrobras, sobre os avanços na área da educação. Falou também sobre os programas de inclusão social, como o Bolsa-Família, sobre os marcos sólidos no desenvolvimento econômico. Dilma lembrou que a política externa é muito importante para manter uma relação pacífica com os países vizinhos e terminou dizendo que o desafio do futuro é manter o desenvolvimento do País. No final, foi aplaudida de pé, segundo Mercadante. Ela é um trator de candidata, disse.

A exposição de Dilma foi muito clara e precisa, foi excelente e impressionou muito a platéia, disse o secretário especial da Presidência, Marco Aurélio Garcia.

4º Congresso Nacional do PT

O Congresso Nacional do PT, cuja 4ª edição começou por volta das 10h desta quinta-feira, em Brasília, é o principal foro de decisão do partido que na semana passada celebrou 30 anos de existência. Sem periodicidade fixa, o Congresso é convocado em momentos chave e define desde aspectos teóricos e programáticos até estratégias eleitorais e o funcionamento burocrático do PT.

Nesta quarta edição, os 1.300 delegados escolhidos por votação direta no final do ano passado vão discutir estratégia eleitoral, programa de governo e organização do partido, mas o pano de fundo será como superar a dependência eleitoral do PT em relação ao seu maior líder, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que pela primeira vez desde 1982 não será candidato. A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, participou da abertura do evento no qual deverá ser aclamada candidata à presidência.

(Com informações da Agência Estado)

Leia mais sobre: Congresso do PT - PT - Eleições 2010

    Leia tudo sobre: congresso do ptpt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG