Dantas depõe nesta quarta; Braz é transferido para Tremembé

SÃO PAULO - Está previsto para as 14 horas desta quarta-feira o segundo depoimento de Daniel Dantas à Polícia Federal. Conforme apurou o Valor Online , o banqueiro deve permanecer calado durante o procedimento, assim como fez na última sexta-feira (11). Um de seus advogados, que preferiu não ter o nome publicado, adiantou que Dantas ficará de boca fechada pelo fato de a defesa ainda não ter recebido a cópia dos documentos apreendidos na casa do banqueiro - que, segundo a Polícia Federal, ligariam Dantas à oferta de propina a um de seus delegados.

Valor Online |


Os advogados de Dantas também alegam haver o que chamam de total parcialidade do delegado Protógenes Queiroz, responsável pela Operação Satiagraha, além da participação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) na investigação.

Outro que optou pelo silêncio foi o ex-presidente da Brasil Telecom Participações Humberto Braz acusado de oferecer US$ 1 milhão a um delegado da PF para que este tirasse da investigação os nomes de Dantas, de sua irmã e de um sobrinho.

Tremembé

Após o silencioso depoimento, ocorrido na tarde desta terça-feira na sede da PF em São Paulo, Braz, foi transferido para a Penitenciária Tremembé II, no interior paulista. A informação foi confirmada pela defesa do executivo.

Depois que se entregou à Justiça na noite do último sábado, Braz ficou preso na sede da PF, no bairro da Lapa. Nesta segunda-feira, ele foi transferido para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarulhos, na Grande São Paulo, de onde partiu para Tremembé.

Segundo o advogado Alexandre Lopes, sócio do escritório que cuida da defesa de Braz, o executivo dividia com outros presos uma cela comum no CDP de Guarulhos. Por essa razão, Braz estaria muito abalado emocionalmente, um dos motivos pelo qual não falou durante seu depoimento. Além disso, a falta de tempo para a leitura dos autos do inquérito levou a defesa a recomendar o silêncio. A expectativa dos advogados é de que Braz possa dar os devidos esclarecimentos dentro de uma semana.

Leia também:


Leia mais sobre:  Humberto Braz  - Daniel Dantas

Leia tudo sobre: operação satiagraha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG