Pânico - Brasil - iG" /

Daniel Zukerman faz sucesso como penetra do Pânico

Daniel Zukerman, de 26 anos, tomou café com Sylvester Stallone, foi recebido por Gisele Bündchen e desfilou junto com top models na São Paulo Fashion Week. Além disso, participou da restrita festa da equipe de Fórmula 1 Brown GP e entregou um trevo de quatro folhas para Rubens Barrichello.

Agência Estado |

Esteve, duas vezes, na casa de Lucília Diniz e por lá conheceu a apresentadora Hebe Camargo. Mas, entre seus feitos, o que mais traz orgulho foi ter conseguido assistir ao velório de Michael Jackson, no estádio Staples Center, em Los Angeles. Famoso? Jet setter internacional? Endinheirado? Nada disso. Ele é penetra, mesmo.

Zukerman é o Impostor, personagem do programa "Pânico na TV", da Rede TV!. No ar desde o início deste ano, ele causou tanto alvoroço que os seguranças de grandes eventos guardam no bolso sua foto. O objetivo, claro, é barrá-lo. "Está ficando cada vez mais difícil. Estamos recrutando outras pessoas. Mas o público gosta de ver o personagem se dando mal", entrega Emílio Surita, apresentador do "Pânico na TV". A foto do Zukerman está até nos banheiros dos seguranças do programa "A Fazenda", da Record. "Durante a primeira edição nós invadimos o lugar de avião", diverte-se Surita.

Há sete anos trabalhando com a equipe do Pânico, primeiro na rádio Jovem Pan como estagiário e depois na TV, Zukerman conta que bancar o penetra começou como uma brincadeira de adolescente. "Entrávamos em casamentos, cumprimentávamos os noivos, tirávamos fotos com eles e até fazíamos discursos", enumera. Na TV, segundo ele, o objetivo é o mesmo: se divertir. "Não entro nos lugares para estragar a festa de ninguém."

Antes de fazer o Impostor, o humorista viveu o personagem Silveira, da dupla Silveira e Silverinha. "Éramos uma falsa dupla de apresentadores de um programa de TV do interior de São Paulo, que, por ser tão sem noção, irritava os entrevistados", diz ele. Depois, o humorista fez o Xupla, sósia do Supla, e o quadro Beijo na Boca ou Tapa na Cara.

Alan Rapp, diretor do Pânico, revela que Zukerman será enviado com mais frequência para fora do País porque por aqui seu rosto já está conhecido. "No exterior ninguém o conhece", diz Rapp. No Brasil, o Impostor já está recrutando novos ‘agentes’, como Delari e a Mata Hari. A última aventura do trio foi tentar falar com Madonna. Delari entrou no hotel, ficou a poucos metros do quarto da musa, mas foi descoberto e apanhou dos seguranças. As imagens não revelam a cara de Delari para ele não ser reconhecido. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG