Daniel Boaventura mostra lado dançarino em novela

Aos 39 anos, Daniel Boaventura confessa que, embora seja baiano, o seu forte ainda não é o gingado. Mesmo assim, o ator tem dado um show nas cenas em que aparece dançando em Cama de Gato.

Agência Estado |

Na novela das seis da Globo, ele vive Sólon, um homem misterioso, que finge ser argentino e que promove concorridos bailes no clube Esplêndido da Glória.

"Ainda estou tateando esse papel. Por mais que eu tenha 16 anos de carreira, não é muito tempo", analisa o ator, que durante um mês teve aulas de dança para dar vida ao personagem. "Foi uma intensa preparação. Agora, está mais ameno por conta das gravações. Mas continuamos fazendo aulas esporádicas para manter a postura e a memória muscular. Elas são importantíssimas para a postura do Sólon", diz Boaventura, que não precisa pensar muito sobre seus maiores desafios quando o assunto é dança. "Tenho uma dificuldade abissal com o tango. Gafieira é dificílimo. A velocidade dessa dança é quase impossível para mim."

Quem ouve o ator falando assim pode não entender como é que ele se tornou um dos principais nomes dos grandes musicais - Boaventura tem em seu currículo atuações em Chicago, A Bela e a Fera e My Fair Lady, entre outros espetáculos. "Ali são feitas coreografias que são marcações cênicas. É preciso ter coordenação motora e decorar os movimentos. Na novela não tem jeito, tem de aprender a dançar. Isso está sendo um prato cheio para mim. A dança é uma complementação interessante", fala o artista.

Para se dedicar exclusivamente à novela, Boaventura resolveu dar uma parada em sua carreira de cantor - a ideia de gravar um disco surgiu durante uma entrevista no Programa do Jô, em 2007. Chamado para cantar uma música, só largou o microfone depois de seis. Recentemente, ele lançou o álbum Songs 4 U, recheado de clássicos da música norte-americana. "Quando lancei o CD, deu para conciliar com o trabalho. Agora que estamos embalados na gravação, os shows acontecerão em novembro e dezembro."

Multiartista, a atuação na televisão e a carreira musical também deixou pouco tempo livre para que Boaventura volte a se dedicar aos musicais. "Estou há exatos dois anos sem fazer. Sinto muita falta", conta o ator, que por três anos interpretou Adriano em "Malhação". As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG