Curitiba aprova legislação que proíbe o fumo em ambientes fechados de uso coletivo

A proibição do cigarro ou qualquer produto fumígeno, derivado ou não do tabaco, em ambientes fechados de uso coletivo chegou também a Curitiba. Os vereadores aprovaram projeto de lei que proíbe também espaços reservados para fumantes.

Agência Estado |

As exceções são tabacarias e locais de cultos religiosos. O projeto deve seguir para sanção do prefeito Beto Richa (PSDB).

Os estabelecimentos com fumódromos terão 90 dias para se adaptar, após a sanção. Caso contrário, poderão ser multados em R$ 1 mil, com o valor dobrado na reincidência. Os proprietários também ficarão sujeitos a outras penalidades, como o fechamento do local, por exemplo. Lei semelhante é discutida na Assembleia Legislativa.

Entidades ligadas a bares e casas noturnas devem contestar a lei na Justiça.

    Leia tudo sobre: lei antifumo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG