Cunha-SP acumula prejuízos causados pelas chuvas

O município de Cunha, um dos mais atingidos pelas chuvas da virada do ano, deverá gastar, no mínimo, R$ 5 milhões na recuperação de 400 a 600 pontes e na desobstrução de estradas vicinais atingidas por cerca de mil barreiras. Técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a Defesa Civil percorreram a zona urbana de Cunha e constataram a existência de mais de 90 casas localizadas em áreas de risco.

Agência Estado |

A Defesa Civil local já contabilizou um prejuízo de R$ 13 milhões. "Por enquanto é isso, mas é certo que no final das contas será muito mais", disse o coordenador da Defesa Civil, Cristóvão Alves da Silva.

Segundo o prefeito local, Osmar Felipe Junior (PSDB), o prejuízo com a perda da produção de leite no município pode chegar a cerca de R$ 1 milhão se as estradas não forem recuperadas rapidamente.

"Nosso município é muito grande, e mais de 80% da produção de 50 mil litros por dia está sendo jogada fora por falta de acesso às propriedades", disse hoje.

O encontro que ele deveria manter nesta segunda-feira, em Aparecida, com o governador José Serra, ficou para amanhã, em São Paulo. "Vamos precisar da ajuda dos governos estadual e federal. Sozinhos será impossível restabelecer a normalidade", disse.

Depois de vivenciar momentos de tensão com a tragédia que atingiu seis pessoas da mesma família, mortas por causa de um deslizamento na chácara onde passavam o ano-novo, no bairro Barra do Bié, a cidade tenta voltar à normalidade.

A ligação com Guaratinguetá, via SP-171 já foi restabelecida no sábado à tarde, acabando com um isolamento de dois dias.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG