Cuidado com os cosméticos fora do prazo de validade Por Marcela Spinosa São Paulo, 05 (AE) - Toda mulher carrega pelo menos um batom na bolsa, mas, você notou se ele está dentro do prazo de validade? Se nunca se preocupou com isso, fique tranqüila: você não é a única. Um estudo da College of Optometrists, da Grã-Bretanha, mostrou que nove entre dez mulheres usam maquiagem vencida.

Segundo os especialistas, o prazo de validade dos cosméticos deve ser respeitado para evitar alergias e irritações na pele. "O maior risco é de contaminação. Quando o prazo vence, algumas substâncias químicas do produto são modificadas e a maquiagem pode ser infestada por fungos", diz a dermatologista Ane Niwa.

Produtos alterados podem provocar coceira, vermelhidão e descamação da pele. Para evitar este tipo de incômodo, a professora de educação física Sandra Couto, de 45 anos, renova seu estoque de maquiagem constantemente. "Não compro dez bases de uma vez só porque é jogar dinheiro fora. Prefiro renovar do que acumular", diz ela - que garante não sair de casa sem passar base, pó, rímel e batom.

As reações alérgicas não ficam restritas à pele. Os olhos também são afetados. A vida útil de um rímel, por exemplo, é de até seis meses - mas segundo a pesquisa, 92% das mulheres usam o produto por muito mais tempo.

Dormir sem tirar a maquiagem também é perigoso. No dia seguinte, os olhos podem sofrer inchaço e coceira. "Quem já tem alguma doença ocular, como olho seco, deve ficar atento porque o produto vencido pode agravar o problema", ressalta a oftalmologista do Hospital Samaritano Simone Tezzutti.

A dermatologista Lígia Kogos não vê tantos problemas no uso de maquiagem vencida. "O produto terá uma alteração em sua performance. A reação alérgica virá com o produto vencido ou não se a pessoa tiver uma tendência", diz. O maquiador oficial da Natura, Marcos Costa, discorda: "Maquiagem fora do prazo deve ser jogada fora. Você come pão com a data vencida?", questiona.

Alteração no cheiro e na coloração são sinais de que está na hora de o produto ir para o lixo. Para não correr o risco de perder a maquiagem por falta de uso, o maquiador recomenda comprá-la com cautela. Outra dica é lavar os pincéis e as esponjas de base uma vez por semana.

Na opinião da dermatologista Ane, dividir a maquiagem com as amigas também é arriscado. "É melhor cada uma usar a sua porque nunca se sabe se a pessoa tem herpes", recomenda.

Boxe: COMO USAR

- EVITE CONTAMINAÇÕES E APROVEITE MAIS O PRODUTO - O maquiador Marcos Costa diz que maquiagem é para ser usada e não para ficar guardada na gaveta. Observe a data de validade na embalagem. Se perceber um cheiro estranho e uma coloração diferente jogue o produto no lixo pois ele pode estar com o prazo vencido.

- CONSERVE A MAGUIAGEM COM SEGURANÇA - Na hora de comprar, escolha um produto adequado para seu tipo de pele e só leve o necessário. Feche bem a embalagem para evitar que o produto resseque ou evapore. Não guarde a maquiagem no banheiro pois sua formulação pode ser alterada e a validade tende a diminuir. Deixe os produtos em um lugar seco e longe do sol.

- A MELHOR MANEIRA DE USAR O RÍMEL E O LÁPIS - Evite passar a sombra com o dedo para não infectar e alterar a formulação do produto. O lápis só deve ser usado, no máximo, na parte interna dos olhos, rente a raiz dos cílios. Verifique nas embalagens se os produtos de fato passaram por testes oftalmológicos. Se o rímel secou, não coloque água ou óleo: jogue fora.

- NÃO DIVIDA COSMÉTICOS COM AS AMIGAS - A esponja da base deve ser lavada uma vez por semana e os pincéis a cada 15 dias com água e sabonete neutro. A escova dos cílios pode ser limpa com álcool ou água mineral. Não divida seus produtos com as amigas. Tire a maquiagem antes de dormir para deixar os poros respirarem e evitar que o produto entre nos olhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.