Cuba e Brasil assinaram um acordo que promove os investimentos e a colaboração cultural como parte da visita que o ministro da Cultura brasileiro, João Luiz Silva Ferreira, realiza à ilha.

"Espero que esta visita contribua para estreitar os laços mútuos e traçar planos concretos de desenvolvimento conjunto em diversas áreas", afirmou o ministro, citado pela Agência de Informação Nacional (AIN), depois da assinatura do acordo com seu colega cubano, Abel Prieto.

"A proximidade cultural entre Brasil e Cuba já é um fato pelas origens de nossos países", acrescentou o ministro, que realiza sua primeira visita a Havana.

Prieto elogiou a política cultural do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também destacou os laços que unem ambos os povos e a profunda admiração que os cubanos sentem pela cultura brasileira.

Segundo a imprensa local, o acordo "estabelece o compromisso das partes em promover o intercâmbio de artistas e grupos, trabalhar no campo das culturas populares, fundamentalmente nas de origem africana, e apoiar os investimentos na área cultural".

Também visa a fortalecer "o intercâmbio de experiências nas esferas da museologia, patrimônio cultural e audiovisual, e do livro e da literatura".

Durante sua estada na ilha, Silva Ferreira visitará a cidade de Santiago de Cuba, cuja Festa do Fogo ou Festival do Caribe será dedicada no próximo ano ao Estado de Pernambuco.

rd/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.