SÃO PAULO ¿ Que 2008 foi marcado pelo sucesso avassalador de ¿Batman ¿ O Cavaleiro das Trevas¿ nas bilheterias, todo mundo já sabe, e a crítica parece concordar, tanto que boa parte dos especialistas ouvidos pelo iG apontaram o filme de Christopher Nolan como um dos melhores do ano. Mas quais seriam os outros destaques dos últimos 12 meses?

Um dos mais citados foi o romeno 4 Meses, 3 Semanas, 2 Dias, vencedor da Palma de Ouro em Cannes no ano passado, assim como o independente Juno, que acabou levando o Oscar de melhor roteiro e projetando Diablo Cody na mídia. A surpresa (ou não) fica por conta da animação Wall-E, que, como afirma o crítico Ricardo Calil, mostra a Pixar com a genialidade de Charles Chaplin, comparação recorrente nos comentários relativos ao pequeno robô.

E ainda há quem acredite que o melhor filme do ano nem chegou a passar nas telas do país. Para o diretor Carlos Reichenbach ¿ veterano da sétima arte nacional, que lançou nos cinemas este ano o longa Falsa Loura ¿, o principal destaque de 2008 saiu direto em DVD. Trata-se de MR73 ¿ A Última Missão, de Olivier Marchal, escolhido pelo cineasta pelo audacioso teor niilista de seu entrecho e por restituir ao cinema francês a elegância de Jean-Pierre Melville.

O novo longa-metragem de Walter Salles e Daniela Thomas, Linha de Passe, ganhador do prêmio de melhor atriz no Festival de Cannes, é quase unanimidade entre os críticos para a eleição dos melhores filmes brasileiros. Logo atrás, vem Terra Vermelha, elogiado drama que relata os conflitos indígenas no Mato Grosso do Sul, e Encarnação do Demônio, a conclusão da trilogia de Zé do Caixão, 40 anos depois de seu início.

Serras da Desordem, de Andrea Tonacci, escolhido recentemente pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) como melhor longa nacional de 2008, também aparece entre os mais citados. Um filme que sintetiza, na força das imagens, uma das discussões centrais do cinema brasileiro hoje: a nublada separação de documentário e ficção, aponta a equipe do Omelete.

Confira abaixo as opiniões dos críticos e realizadores ouvidos pelo iG:

"Linha de Passe"

Ricardo Calil ¿ crítico, colunista do iG

Filmes Estrangeiros
O Segredo do Grão , Abdel Kechiche
Wall-E , de Andrew Stanton
Paranoid Park , de Gus Van Sant
Não Estou Lá , Todd Haynes
A Fronteira da Alvorada , Philippe Garrel

Filmes brasileiros
Serras da Desordem, de Andrea Tonacci
Pan-Cinema Permanente, de Carlos Nader
Linha de Passe , de Walter Salles e Daniela Thomas
Nome Próprio , de Murillo Salles
Encarnação do Demônio , de José Mojica Marins

Equipe Omelete

Filmes estrangeiros
Batman ¿ O Cavaleiro das Trevas , de Christopher Nolan
Wall-E , de Andrew Stanton
Sangue Negro , de Paul Thomas Anderson
Juno , de Jason Reitman
Homem de Ferro , de Jon Favreau

Filmes brasileiros
Meu Nome Não é Johnny , de Mauro Lima
Encarnação do Demônio , de José Mojica Marins
Serras da Desordem, de Andrea Tonacci
Chega de Saudade , de Laís Bodanzky
Linha de Passe , de Walter Salles e Daniela Thomas

"4 meses, 3 Semanas, 2 Dias"

Leon Cakoff ¿ jornalista, crítico, cineasta e diretor da Mostra de São Paulo

Filmes estrangeiros
4 meses, 3 Semanas, 2 Dias , de Cristian Mungiu
A Questão Humana , de Nicolas Klotz
Batman ¿ O Cavaleiro das Trevas , de Christopher Nolan
Desejo e Reparação , Joe Wright
Leonera , de Pablo Trapero

Filmes brasileiros
Ensaio sobre a Cegueira , de Fernando Meirelles
Linha de Passe , de Walter Salles e Daniela Thomas
O Banheiro do Papa , de Cesar Charlone
Terra Vermelha , de Marco Bechis
Última Parada 174 , de Bruno Barreto

Carlos Reichenbach ¿ diretor e roteirista

Filmes estrangeiros
Senhores do Crime , de David Cronenberg
A Espiã , de Paul Verhoeven
Quebra de Confiança , de Billy Ray
O Nevoeiro , de Frank Darabount
O Livro das Revelações, de Ana Kokkinos

Filmes brasileiros
Serras da Desordem, de Andrea Tonacci
Encarnação do Demônio , de José Mojica Marins
Nome Próprio , de Murilo Salles
Onde Andará Dulce Veiga?, de de Guilherme de Almeida Prado
Olho de Boi, de Hermano Penna

"Terra Vermelha"

Caio Gullane ¿ produtor, sócio da Gullane Filmes

Filmes estrangeiros
4 Meses, 3 Semanas, 2 Dias , de Cristian Mungiu
Batman ¿ O Cavaleiro das Trevas , de Christopher Nolan
Juno , de Jason Reitman
Lemon Tree, de Eran Riklis
Paranoid Park , de Gus Van Sant

Filmes brasileiros
Chega de Saudade , de Laís Bodansky
Encarnação do Demônio , de José Mojica Marins
Estômago , de Marcos Jorge
Terra Vermelha , de Marco Bechis
Linha de Passe , de Walter Salles e Daniela Thomas

Pablo Villaça ¿ crítico, editor-chefe do site Cinema em Cena

Filmes estrangeiros
4 Meses, 3 Semanas, 2 Dias , de Cristian Mungiu
Apenas Uma Vez , de John Carney
O Escafandro e a Borboleta , de Julian Schnabel
Persépolis , de Marjane Satrapi
Wall-E , de Andrew Stanton

Filmes brasileiros
Ainda Orangotangos , de Gustavo Spolidoro
Ensaio Sobre a Cegueira , de Fernando Meirelles
Feliz Natal , de Selton Mello
Linha de Passe , de Walter Salles e Daniela Thomas
Terra Vermelha , de Marco Bechis

Queremos saber o que você acha, internauta!

Na sua opinião, qual é o melhor filme nacional e estrangeiro lançado em 2008? Você pode votar em quantos filmes quiser. A votação ficará aberta até a próxima quinta-feira (18) e o resultado será divulgado no dia seguinte. Participe nas enquetes abaixo:

Qual é o melhor filme estrangeiro de 2008?
007 ¿ Quantum of Solace

4 Meses, 3 Semanas, 2 Dias

A Era da Inocência

A Fronteira da Alvorada

A Questão Humana

Batman ¿ O Cavaleiro das Trevas

Cloverfield

Desejo e Reparação

Em Paris

Homem de Ferro

Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal

Juno

Lemon Tree

Leonera

Longe Dela

Na Natureza Selvagem

Não Estou Lá

O Escafandro e a Borboleta

O Segredo de Lorna

Onde os Fracos Não Têm Vez

Paranoid Park

Persépolis

Piaf

Sangue Negro

Senhores do Crime

Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

Trovão Tropical

Um Beijo Roubado

Vicky Cristina Barcelona

Wall-E


Qual é o melhor filme brasileiro de 2008?
5 Frações de Uma Quase História

A Guerra dos Rocha

A Mulher do Meu Amigo

Ainda Orangotangos

Bezerra de Menezes ¿ Diário de Um Espírito

Bodas de Papel

Casa da Mãe Joana

Chega de Saudade

Cleópatra

Deserto Feliz

Encarnação do Demônio

Ensaio sobre a Cegueira

Era Uma Vez

Estômago

Falsa Loura

Feliz Natal

Linha de Passe

Maré, Nossa História de Amor

Meu Nome Não É Johnny

Nome Próprio

Nossa Vida Não Cabe Num Opala

O Banheiro do Papa

O Mistério do Samba

O Signo da Cidade

Os Desafinados

Romance

Serras da Desordem

Sexo com Amor?

Terra Vermelha

Última Parada 174


Esclarecimento: longas como "Ensaio sobre a Cegueira" e "O Banheiro do Papa", por exemplo, apesar de não serem falados em português ou terem recursos de fundos estrangeiros, foram incluídos na lista de filmes nacionais por terem sido produzidos por empresas brasileiras

Leia mais sobre: cinema

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.