NOVA YORK ¿ A National Society of Film Critics, que reúne os críticos cinematográficos norte-americanos, elegeu neste domingo (03) o drama Guerra ao Terror como melhor filme de 2009. O longa-metragem de Kathryn Bigelow, já disponível em DVD no Brasil, também ganhou os prêmios de melhor direção e ator (Jeremy Renner).

Divulgação

Jeremy Renner em cena de "Guerra ao Terror", o preferido da crítica norte-americana

A produção, que enfoca um esquadrão anti-bombas de elite atuante na Guerra do Iraque, concorre em três categorias do Globo de Ouro (filme, diretor e roteiro). Apesar de ter boas chances de conseguir uma indicação ao Oscar, o longa não é necessariamente um favorito na premiação ¿ poucas vezes o ganhador da National Society foi também o preferido pelos votantes da Academia de Hollywood.

A crítica escolheu a belga Yolande Moreau como melhor atriz pelo filme "Séraphine", um retrato da relação entre a artista francesa Séraphine Louis e o crítico Wilhelm Uhde. Nas categorias de coadjuvante, aconteceu o esperado: Mo'Nique venceu por "Preciosa", enquanto Christoph Waltz, o oficial nazista de "Bastardos Inglórios", ganhou como melhor ator, em prêmio dividido com Paul Schneider ("Brilho de uma Paixão").

A National Society of Film Critics inclui mais de 60 membros dos mais importantes jornais de Los Angeles, Boston, Nova York e Chicago e das revistas Time, Newsweek e The New Yorker, entre outras publicações. No ano passado, o grupo escolheu como melhor filme a animação israelense "Valsa com Bashir".

Os prêmios da crítica especializada ajudam a criar impulso no período que antecede o Oscar, cujas indicações serão anunciadas em 2 de fevereiro. Já os ganhadores do Globo de Ouro serão revelados em 17 de janeiro.

Veja abaixo a lista completa de premiados:

Melhor filme: "Guerra ao Terror"
Melhor diretor: Kathryn Bigelow, "Guerra ao Terror"
Melhor ator: Jeremy Renner, "Guerra ao Terror"
Melhor atriz: Yolande Moreau, "Seraphine"
Melhor ator coadjuvante: Christoph Waltz, "Bastardos Inglórios" e Paul Schneider, "Brilho de uma Paixão"
Melhor atriz coadjuvante: Mo'Nique, "Preciosa"
Melhor roteiro: Joel e Ethan Coen, "Um Homem Sério"
Melhor filme estrangeiro: "Horas de Verão" (França), de Olivier Assayas
Melhor documentário: "As Praias de Agnès"
Melhor fotografia: Christian Berger, "A Fita Branca"
Melhor direção de arte: Nelson Lowry, "O Fantástico Sr. Raposo"

* Com Reuters

Leia mais sobre: Oscar 2010

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.