Crítica: Montagem valoriza texto de Athol Fugard

SÃO PAULO - Felizmente encontramos um espetáculo que realize a sua proposta de modo satisfatório, com respeito ao texto, e que ofereça em si um jogo filosófico ¿ a peça que reestreou, na última sexta-feira (06), no Teatro Renaissance: O Caminho para Meca.

Gabriel Costa, especial para o Aplauso Brasil |

Leia a matéria completa no Aplauso Brasil .

    Leia tudo sobre: aplauso brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG