PARIS ¿ O Profeta, do francês Jacques Audiard, e A Fita Branca, do austríaco Michael Haneke, foram escolhidos hoje como melhor filme francês e melhor filme estrangeiro de 2009, respectivamente, pelo Sindicato Francês da Crítica de Cinema.

Os dois trabalhos já foram agraciados na última edição do Festival de de Cannes, onde "A Fita Branca" recebeu a Palma de Ouro, e "O Profeta", o Grande Prêmio do Júri. Ambos os filmes também estão entre os indicados ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

A crítica francesa divulgou hoje em comunicado que também premiou "Adieu Gary", de Nassim Amaouche, como melhor estreia francesa, e "Mei Ling", de François Leroy e Stephanie Lansaque, como melhor curta-metragem francês.

Os prêmios do Sindicato da Crítica são considerados como um indicador das tendências que podem prevalecer na entregar dos prêmios César, o Oscar do cinema francês, que serão anunciados no próximo dia 27.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.