Crítica: Antunes Filho no auge da criatividade

SÃO PAULO - É até bobagem ou perda de tempo procurar defeito em um espetáculo de Antunes Filho neste estágio já duradouro no CPT (Centro de Pesquisa Teatral), como também da maioria absoluta das suas encenações anteriores. E foram tantas, desde a década de 1950, e tantos os prêmios de direção acumulados (só da APCA, Associação Paulista de Críticos de Arte, foram 12).

Afonso Gentil, especial para o Aplauso Brasil |

Leia a matéria completa no Aplauso Brasil .

    Leia tudo sobre: aplauso brasil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG