O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) pedirá ao presidente do Conselho de Ética, senador Paulo Duque (PMDB-RJ), que convoque uma reunião de emergência entre os conselheiros para discutir a revelação feita pelo jornal O Estado de S.Paulo , de que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), intercedeu junto ao ex-diretor da Casa Agaciel Maia pela contratação do namorado da sua neta, Maria Beatriz Sarney.

O namorado dela, Henrique Dias Bernardes, foi contratado por ato secreto.

Buarque irá se reunir amanhã com o senador Pedro Simon (PMDB-RS), antes de formalizar o pedido a Paulo Duque. os dois senadores fazem parte de um grupo suprapartidário que tem defendido a renúncia de José Sarney da presidência do Senado. Ao saber dos áudios, esta manhã, Cristovam Buarque disse que o Senado estava "se desfazendo", e propôs a realização de um plebiscito entre os senadores para saber se Sarney ainda tem apoio da maioria para se manter no comando da Casa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.