Crise afetará receita mas não volume exportado de soja do Brasil em 2009

Por Roberto Samora SÃO PAULO (Reuters) - Apesar da crise financeira internacional, as exportações de soja do Brasil deverão ficar praticamente estáveis em volumes em 2009, na comparação com 2008, de acordo com a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).

Reuters |

A soja é o principal produto da pauta de exportação agrícola do Brasil.

"Pode ser que fique igual, pode ser que seja um pouco inferior, mas nada significativo. Será uma exportação na média de anos anteriores", afirmou Sérgio Mendes, diretor-geral da Anec, em entrevista à Reuters.

De acordo com dados do governo, o Brasil (segundo exportador mundial de soja em grão) embarcou para o exterior 24,5 milhões de toneladas da commodity em 2008, ante exportações de 23,7 milhões de toneladas em 2007 e contra um recorde de 24,9 milhões de toneladas de soja em 2006.

Mas, com a queda dos preços internacionais em relação aos recordes de 2008, as receitas geradas com as exportações em 2009 deverão cair, observou Mendes.

Ele lembrou, entretanto, que as receitas em 2009 não ficarão muito aquém dos níveis históricos, explicando que, apesar da queda em relação aos recordes, os futuros da soja na bolsa de Chicago ainda estão em patamares historicamente altos.

"O ano atípico foi 2008", ressaltou o diretor-geral, apontando para os 10,9 bilhões de dólares obtidos apenas com a exportação de soja em grão no ano passado, alta de 61,4 por cento ante 2007.

Questionado se vê queda de demanda em 2009, afirmou: "Por enquanto, acho um pouco cedo para falarmos disso".

Mesmo assim, ressaltou que os preços atuais da soja em Chicago mostram um descolamento em relação a outros produtos básicos como o petróleo. Mendes destacou também que as commodities alimentares deverão sofrer menos na crise do que outras por serem produtos de primeira necessidade.

Na mesma linha da Anec, a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) divulgou nesta terça-feira dados que apontam redução na receita gerada com exportações de soja, cuja estimativa para 2009 é de queda de 27 por cento ante 2008, para 7,99 bilhões de dólares.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG