Criança de creche pública se alimenta melhor, diz estudo

Radiografia nutricional dos alunos em fase pré-escolar, pioneira no Brasil, acaba de ser concluída e revela que crianças matriculadas em creches públicas têm padrão de alimentação mais adequado do que as que freqüentam creches particulares. A obesidade precoce foi um dos resultados apontados pelo estudo Nutri-Brasil, realizado pelo instituto de pesquisa da Danone em parceria com 12 universidades, coordenado pelo pediatra e nutrólogo Mauro Fisberg.

Agência Estado |

A diferença da taxa de excesso de peso entre os dois grupos chega a 7,8 pontos porcentuais, influenciada também pelo consumo de alimentos pouco nutritivos nos domicílios e pela falta de exercícios físicos. Enquanto nas entidades públicas 25,8% dos meninos e meninas menores de 6 anos pesavam mais do que o recomendado para a idade, a marca sobe para 33,6% nas entidades pagas, média de uma em cada três crianças.

Por oito meses foram acompanhados 3.111 crianças entre 2 e 6 anos em oito Estados, incluindo São Paulo. Não houve diferença estatística para as regiões do País. O consumo alimentar caseiro também foi avaliado e serviu de base para as estatísticas, o que pode ser determinante para a gordura ser maior entre os das creches privadas. As informações são do Jornal da Tarde .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG