Cremesp condena médico por infração a código de ética

SÃO PAULO - O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) condenou o médico Roger Abdelmassih por infração ao artigo 98 do código de ética médica, que trata de relacionamentos indevidos com laboratórios farmacêuticos e farmácias.

Agência Estado |

Procurada pela reportagem, a assessoria do médico disse que não iria comentar o caso. O processo começou em 2002, após denúncia de uma paciente que também levou ao conselho o caso de uma suposta violência sexual, que teria ocorrido em 1997, acusação arquivada por falta de provas, conforme apurou a reportagem.

O médico é investigado atualmente pela polícia e pelo Ministério Público por suposto abuso sexual. Um total de 33 mulheres já procuraram as autoridades. Outras seis apurações sobre suposta propaganda indevida tramitam contra Abdelmassih no conselho. O órgão confirmou as informações, mas disse não poder dar detalhes da condenação nem das apurações porque elas são sigilosas. A advertência ainda não foi realizada porque Abdelmassih recorreu da punição ao Conselho Federal de Medicina.  As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: Medicina

    Leia tudo sobre: médico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG