Creches municipais de SP terão plantão a partir de 6ª

A partir de sexta-feira, as creches municipais de São Paulo passam a funcionar em esquema de plantão. Os pais que têm filhos regularmente matriculados na rede municipal de creches e que não tiverem com quem deixar as crianças durante as férias das unidades escolares poderão se dirigir á instituição mais próxima de sua casa.

Agência Estado |

O esquema vai até 31 de janeiro. Segundo a secretaria municipal de Educação, haverá, pelo menos, uma unidade em funcionamento por subprefeitura - são 31 na cidade. Nas regiões em que houver maior demanda, poderá ocorrer a abertura de mais de uma creche.

É o segundo ano consecutivo em que o funcionamento durante janeiro será em regime de plantão. Das 6 mil vagas ofertadas durante as férias de 2008, o dia de maior freqüência registrou a presença de 244 crianças. Ainda assim, tramita no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) uma ação da Defensoria Pública obrigando o funcionamento integral de todas as unidades, sem interrupções. "A secretaria aguarda o julgamento do mérito da ação pelo TJ e, até segunda ordem, será adotado, novamente, o regime de plantão durante o mês de janeiro", informou a assessoria da secretaria.

Segundo a assessoria, o fechamento das unidades no período é realizado pela Prefeitura para serviços de manutenção, desratização e dedetização. A medida visa também a padronizar o período de férias de grande parte dos funcionários das creches. O plantão será adotado apenas nas creches administradas diretamente pela administração municipal. As unidades em que a administração é indireta ou conveniados entram em férias e só reabrem em fevereiro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG