A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) dos Cartões Corporativos aprovou hoje onze requerimentos e rejeitou outros seis, dentre eles o de convocação da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para falar sobre o dossiê com os gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Os requerimentos aprovados tratam de pedidos de informações junto a diversos órgãos do governo e da convocação do reitor da Universidade Federal de São Paulo (unifesp), Ulisses Fagundes, sobre os gastos pessoais com cartão corporativo.

Os governistas não deixaram aprovar nenhum requerimento importante, mas rejeitaram os pedidos para que a CPI tenha acesso aos cartões corporativos da Petrobrás, aos dados com os gastos do ex-presidente Fernando Henrique e do presidente Lula e suas respectivas mulheres, e as contas de suprimento de fundos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.