CPI quer PF para apurar sumiço de jovens em Luziânia

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga o desaparecimento de crianças e adolescentes no Brasil aprovou hoje requerimento para que a Polícia Federal participe das investigações sobre o desaparecimento de seis jovens em Luziânia, cidade a 66 quilômetros de Brasília. Os jovens desapareceram desde dezembro.

Agência Estado |

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), se reuniu hoje com as mães dos desaparecidos e prometeu empenho da Casa na elucidação do caso.

"A Câmara não vai abandonar esta causa. Vamos entrar de forma acentuada e fazer tudo o que a CPI puder fazer. Se a Polícia Federal não pode participar lá, vai participar aqui", afirmou Temer. Para que a Polícia Federal apure os desaparecimentos junto com a Polícia Civil de Goiás é necessário um pedido da Secretaria de Segurança Pública do Estado.

O requerimento aprovado na CPI para a entrada da PF nas investigações é de autoria do deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP). Ele alegou que a participação da PF é de "fundamental importância" para o esclarecimento dos fatos.

Desde 30 de dezembro de 2009, seis adolescentes desapareceram de casa, em Luziânia. Todos moravam no mesmo bairro, mas não se conheciam e, segundo os pais, não apresentavam comportamento de rebeldia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG