CPI ouvirá vítimas de abuso em Catanduva a partir de 2ª

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia do Senado marcou para a próxima segunda-feira o início das audiências em Catanduva, no interior paulista. Segundo o promotor Carlos Fortes, que assessora a CPI, as sessões deverão ser realizadas na Câmara Municipal e abertas ao público, com exceção das audiências com participação das crianças.

Agência Estado |

Nos últimos dias aumentou a quantidade de crianças que relataram os abusos à polícia e ao Ministério Público (MP) - são 40 as que se apresentaram como vítimas.

No entanto, o total de crianças que dizem ter sofrido abuso sexual deve aumentar, segundo o gestor da organização não-governamental (ONG) Instituto Pró-Cidadania de Catanduva, Geraldo Corrêa. "Temos notícias de outras mães que estão tomando coragem e vão à delegacia contar o que aconteceu aos seus filhos." Aumentou também a quantidade de suspeitos, que eram oito, e agora são pelo menos dez. Crianças que depuseram na quinta e na sexta-feira revelaram novos suspeitos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG